RETÁBULO DO ORATÓRIO

Agenda do Oratório S. Josemaria

Eventos do Oratório

CalendarioOratorio

Clique sobre a imagem para saber quais os confessores presentes.


planoConfissoes

Confissões




Artigos (temas)
Exercer a autoridade

«Uma senhora veio ao meu consultório com a sua filha de sete anos, que tinha uma irritação na garganta. Como a rapariga não abria a boca, fiz um sinal com a cabeça à senhora para que, com a sua autoridade materna, me facilitasse a minha missão médica.

Namoro e fé

Qual é o sinal de que um namoro se vive de um modo cristão?
Talvez existam muitos sinais. No entanto, há um que me parece de especial importância: que o amor mútuo ajude cada um deles a estar mais perto de Deus. Que o namoro alimente de verdade a sua fé, por ser vivido de acordo com ela.
Hoje em dia, confunde-se com muita facilidade “ter fé” com “viver de fé”.

Amar é um verbo


«Estou muito preocupado com o meu casamento. A minha mulher e eu já não sentimos nada um pelo outro…»

O sentido genuíno do trabalho


Um dos problemas mais “espinhosos” da actualidade é a conciliação entre trabalho e família. Parece um dilema profundo de difícil resolução.

A decisão mais importante


Qual é a decisão mais importante na vida?
Talvez seja o que é que vamos fazer com ela.
Nós não nos demos a vida. Ela foi-nos entregue. É um presente enigmático e maravilhoso ao mesmo tempo.

Frustrações
frustrações

As pessoas, em geral, sentem-se frustradas por duas razões.

A arte de descansar
A arte de descansar

Somos seres que necessitam descansar. Esta verdade óbvia está inscrita na nossa natureza. Muitas vezes, surgem dificuldades na vida que não se devem à falta de empenho da nossa parte, mas sim à ausência de um descanso verdadeiramente reparador.

Compromisso para sempre
Compromisso para sempre

O casamento é sempre um chamamento a uma entrega incondicional ao outro por amor. Para o amor ser genuíno, o desejo de entrega tem de ser para sempre: “na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida”.

Egocentrismo
Egocentrismo

Qualquer pessoa franca sabe que necessita de melhorar constantemente o seu carácter. É uma tarefa árdua. Requer um conhecimento próprio objectivo — “ciência” que é a mais complicada de aprender.

Felicidade
Felicidade

Todos nós desejamos ser felizes. É algo normal, espontâneo e evidente. E também o é a noção de que a felicidade depende, em parte, do nosso esforço e empenho.

LAR, DOCE LAR!

Lar doce lar

Está a dizer-nos que um lar é fundamental para que uma família possa subsistir? Não será exagerada tal afirmação? Então, não há muitas pessoas hoje em dia que vivem bem sem terem propriamente um lar?

UMA PESSOA MADURA

pessoa madura

Com o passar do tempo, todas as pessoas envelhecem. Mas, se repararmos bem, nem todas amadurecem. Parece que, ao contrário do que acontece com o bom vinho, o tempo não nos melhora automaticamente. Não nos amadurece. Precisamos de um outro “ingrediente”.

A FORÇA DO SILÊNCIO

Força do silêncio

Acabei de ler há poucos dias um livro fantástico. Daqueles que, no final, levam uma pessoa a sentir-se diferente, enriquecida, com um novo raio de luz que permite interpretar melhor esta nossa fugaz existência nesta terra.

AQUELE QUE ACERTA NO CASAR

acerta no casar

O namoro é, essencialmente, uma preparação para o casamento. É necessário conhecer-se a fundo — com objectividade — antes de responder à pergunta mais transcendente da vida: com quem é que me vou comprometer de verdade e para sempre?